sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Polêmica Requentada

"Sou tão bom quanto Senna"

A frase é de Lewis Hamilton. Para boa parte dos brasileiros, que ainda têm Senna como um ídolo inatingível, soa como uma heresia. E é.

Não digo isso por acreditar que Senna foi-o-melhor-de-todos-e-ponto-final. Digo porque Hamilton é um moleque de 23 anos, em seu segundo mundial, e que, mesmo fazendo tudo o que fez e tendo os ótimos desempenhos que teve até aqui, ainda nem é campeão. É um grande piloto, tem condições de, um dia, ser comparado a Senna, mas por hora é só um aspirante a campeão. Só.

E o problema não é ser ou não ser campeão. É, tão jovem e com tanta coisa pela frente, querer se comparar a um piloto da relevância de Ayrton Senna. Falta base para tal (tentativa de) argumentação.

Senna foi um piloto que em 10 anos de Fórmula-1 papou 41 vitórias, 65 poles e 3 títulos, só pra ficar entre os números mais marcantes. E na verdade não são os números o grande referencial da carreira de Ayrton, e sim suas exibições marcantes, suas brigas com os companheiros de equipe, em especial com o aclamadíssimo Alain Prost, de quem Ayrton venceu um e perdeu outro campeonato com o mesmo equipamento. Senna está, junto com Fangio, Clark, Stewart, o próprio Prost, Schumacher e alguns outros, no Olimpo dos mestres da velocidade. E nesse Olimpo a pergunta que se faz é: quem é Hamilton? O que esse sujeito fez até aqui para se julgar digno de merecer menção entre nós?

Esta, senhores, é uma polêmica requentada. Durante o julgamento da apelação do drive-trough sofrido pelo mesmo Hamilton, ele já havia se proclamado o melhor em seu trabalho. Ótimo, no fundo o piloto precisa mesmo se achar "o bom" para levar seu trabalho adiante. Mas se achar superior a tudo e a todos é de um arrogância irritante.

Se comparar a um ídolo da grandeza de Senna a essa altura da carreira também. É a maior prova de que o garoto tem muito o que amadurecer.

4 comentários:

Net Esportes disse...

Eu gosto do Hamilton e torço por ele, mas deu uma forçadinha de barra, uma pessoa humilde diria "Vou trabalhar para ser tão bom quanto o Senna foi" ..... mesmo assim continuo torcendo por ele !!!!

Felipão disse...

beleza que ele deu uma forçada, mas, sei lá, acho bom ter um pouco de ambição

kimi_cris disse...

O Hamilton não anda bom da cabeça.

Grande Abraço!

Kimi_Cris

Fábio Andrade disse...

Net: é precisamente esse o ponto. Hamilton se acha em posição de se comparar a Senna tão cedo. Ele tem todas as chances de, um dia, merecer tal comparação. Por enquanto ainda não;

Felipão: concrdo em parte. Âmbição é essencial num ambiente tão competitivo como a F1. Saber lidar com o ego também. Hamilton parece estar perdendo esse referencial;

Kimi_cris: tomara que você esteja errado. Já pensou um louco pilotando um carro de F1? rsrs!

Obrigado a todos pelo clique!