segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

O Fetiche de Faenza

As manchetes de jornais estiveram fervendo nesse período natal-ano novo. Alonso foi posto e retirado da Ferrari umas 68 vezes, Carlos Slim esteve perto de comprar a Honda e Papai Noel me trouxe uma Ferrari de presente.

Enfim, arranjar factóides e pôr uma lente de aumento em fatos miúdos são os esportes preferidos dos jornais europeus nesse período do ano. A falta de notícias relevantes na F-1 força os editores a apelar para caminhos menos jornalísticos e mais fofoquísticos. Essa época do ano é fértil para simular transferências de pilotos que sequer estão nos planos das equipes. Já é costume, tão tradicional como comer aquela rabanada requentada na manhã do dia 25 de dezembro.

Um desses casos, porém, merece alguma credibilidade. O jornal suíço Blick anunciou que a declaração formal de Sebastien Buemi como piloto titular pela Toro Rosso em 2009 é questão de tempo.

Pra quem não conhece o rapaz, segue a ficha: Sebastien Buemi é suíço, tem 20 anos completados no último mês de outubro e segue a linha “young boy” que tem feito bonito na F-1 dos últimos tempos. Acumula passagens pela F-3 Européia (onde foi vice-campeão), GP2 (também vice) e A1 GP. Ano passado foi test driver da própria STR e impressionou a todos pela velocidade, especialmente nos testes realizados no último mês de dezembro em Jerez de la Fronteira.

Se a sua contratação pela equipe italiana se confirmar, Buemi será o primeiro piloto suíço na F-1 desde o esquecido Jean-Denis Deletraz, que competiu pela também desconhecida Pacific Racing em 1995.

A promoção de Buemi, que de piloto de testes passará a piloto oficial, também ilusta uma espécie de fetiche que o alto comando da equipe da Faenza tem por Sebastiões. Depois do alemão Sebastian Vettel e do francês Sebastien Bourdais, vem o terceiro “Tião” na vida da simpática Toro Rosso.

Buemi passou à frente de Bruno Senna, Takuma Sato, do próprio Bourdais e do improvável Rubens Barrichello. E ainda fez questão de deixar uma dica para todos os aspirantes à vaga restante na STR.

Procurem o cartório mais próximo e mudem seus nomes para Sebastião.

5 comentários:

Daniel Médici disse...

E o Buemi está mais perto da F1 que o seu compatriota Grosjean. Quem diria isso há um ano, quando ele quase tirou o Nelsinho da Renault!

Felipão disse...

É... a vaga parece que é dele. Além de ter ido muito bem nos treinos. Suíça de tradição no automobilismo, há muito em baixa,,,

Ron Groo disse...

Também acho que o tucano vai pilotar na f1 este ano. Quanto aos factoides... Bom.. Sem noticia e precisando publicar os caras fazem de tudo.
Nós não, hehehehe.
Ah sim... Ninguém liga para o Button mesmo...

Marcos Antônio Filho disse...

esa época na F1 é pior que primeiro de Abril,factóides a todo o momento!

e Sobre o Buemi,pra mim Bourdais seria o compnheiro ideal, mas quem tiver mais grana leva a outra vaga

Fábio Andrade disse...

Médici: não é que esse mundo dá muitas voltas?;

Felipão: Pois é rapaz, a Suíça está mais de uma década sem um representante na F-1. É um senhor hiato;

Groo: bem, eles precisam vender, a gente não, né? Podemos nos dar ao luxo de sermos menos histéricos, rs;

Marcão: tmb sou mais o Bourdais, mas parece que o Rubinho e o Sato estão pintando com patrocínio, e isso faz muita diferença.

Um muito obrigado pelas olhadas dos senhores!