sábado, 4 de abril de 2009

Malásia - Results & Coments [1]

Cavalo Manco

Button levou fácil. A Toyota conseguiu ótimas 2ª e 3ª posições. Rosberg não fez feio no 4º posto. Barrichello e Vettel estariam em melhores posições não fossem as punições pela troca de componentes do carro. Tudo isso, porém, ficou menor assim que a F-1 teve sinais claros do estado de convulsão em que se encontram as equipes ditas grandes até 2008.

Aqui o Ico explica, com autoridade de quem está in loco, cenas da insólita epopéia em que Lewis Hamilton e a McLaren se viram metidos desde o último GP Austrália. Conclusão: além de estar perdida na própria falta de competitividade, a McLaren continua com vocação para se meter em confusões e personalizar culpas que são coletivas.

A Ferrari mostrou que os fantasmas de 2008 ainda vivem em Maranello. Foi o resquício da falta de pulso que estigmatizou os rossos no ano passado que fez com que Felipe Massa ficasse de fora da classificação logo no Q1. A equipe quase acabou com o treino de Kimi Raikkonen junto ao do brasileiro, ao imaginar que os tempos dos pilotos marcados no início do treino se manteriam inalcançáveis ao longo da sessão, talvez iludida pela liderança nos treinos de sexta. Faltou, de novo, um líder que reunisse balls suficientes para enviar os dois ferraristas à pista malaia de novo.

Como se não bastasse a falta de rendimento, as grandes parecem estar perdidas dentro da própria rotina na F-1.

A despeito da pole fácil de Button, das ótimas classificações da Toyota e do grande resultado de Alonso, que levou seu Clio 1.0 ao Q3, a imagem que fala por mais de 1000 palavras é a do cavalo manco. Não, não se trata da mais nova posição sexual inspirada pelos apreciadores do também exótico canguru perneta. Trata-se do status que a Ferrari se esforça para alcançar desde o ano passado, quando as presepadas calamitosas se iniciaram.

Desde que assumiu o posto de diretor-esportivo da equipe italiana, Stefano Domenicali é o homem que mais tem sido obrigado a dar explicações. A orelha deve queimar a cada telefonema de Luca di Montezemolo.

"Explique-se, carcamano!"

Grid de largada, GP Malásia 2009:
1°. Jenson Button (Brawn), 1min35s181
2°. Jarno Trulli (Toyota), 1min35s273
3°. Timo Glock (Toyota), 1min35s690
4°. Nico Rosberg (Williams), 1min35s750
5°. Mark Webber (Red Bull), 1min35s797
6°. Robert Kubica (BMW), 1min36s106
7°. Kimi Raikkonen (Ferrari), 1min36s170
8°. Rubens Barrichello (Brawn), 1min35s651
9°. Fernando Alonso (Renault), 1min37s659
10°. Nick Heidfeld (BMW), 1min34s769
11°. Kazuki Nakajima (Williams), 1min34s788
12°. Lewis Hamilton (McLaren), 1min34s905
13°. Sebastian Vettel (Red Bull), 1min35s518
14°. Heikki Kovalainen (McLaren), 1min34s924
15°. Sébastien Bourdais (Toro Rosso), 1min35s431
16°. Felipe Massa (Ferrari), 1min35s642
17°. Nelsinho Piquet (Renault), 1min35s708
18°. Adrian Sutil (Force India), 1min35s908
19°. Giancarlo Fisichella (Force India), 1min35s951
20°. Sébastien Buemi (Toro Rosso), 1min36s107
_
Pitacos malaios de última hora:
_
- De repente pode pintar chuva na região de Sepang, e se ela vier, a corrida vira loteria. Se vier com força, somada às baixas condições de visibilidade (a largada será às 17hs na Malásia, para que a corrida acontecesse no meio da manhã na Europa) o GP Malásia pode acabar antes da hora.
_
*A falta de posts no dia de ontem ocorreu graças a um problema técnico popularmente conhecido como "falta de tempo." E o problema pode se repetir nos próximos dias.

4 comentários:

Diego Maulana disse...

Enquanto a McLaren arruma um episódio por ano de atitudes anti-desportivas, a Ferrari consegue com uma frenquencia incrivel se superar com erros bizarros.

Marcos Antônio Filho disse...

A Mclaren é lamentável e a Ferrari, se perde em lambanças! essas duas equipes vão ficar na meiuca do grid mesmo, Brawn ,Toyota, Red Bull e Williams é que vão mandar na temporada!

Ylan Marcel disse...

Fernando Alonso 20x0 Nelsinho. O que me diz?

Fábio Andrade disse...

Ylan, a lavada que o Nelsinho leva devia servir de lição. O moleque não está em nível de piloto top, pelo menos não para a F-1. Devia se retirar...